domingo, 1 de janeiro de 2012

Insignificância - Algo salutar para refletirmos e incorporarmos em nome de um Mundo melhor

                                  Foto: Jorge51 (blog café com notas)                    


Em que pese os malefícios para o corpo,
devemos arrastar a consciência de nossa insignificância



O azul se dissipa
em tons de desespero.


Os segundos envelhecem
nossos sonhos,
e a eternidade –
consome toda inocência.


O céu conspira
dentro de mim,
ponto
sujo no útero
da neve.


Jorge Elias Neto

Um comentário:

MIRZE disse...

LINDO DEMAIS!

Parabéns!


Mirze